quarta-feira, 28 de outubro de 2015

De Corpo e Alma


O BDSM é toque, é cheiro, sabor, suor, carne, dor e prazer.
A entrega do corpo é comum, desejada e apreciada por todos. Afinal  , ele que é usado, tocado, torturado e marcado. São os joelhos que se dobram, são as pernas que parecem bambear diante do Dominador, é a boca que responde 'sim, Dono' e é dela que saem os gemidos  de dor e prazer causados pelas mãos Dele. É o coração que dispara com uma palavra, um olhar e até com o silêncio Dele. Dos olhos brotam as lágrimas e das entranhas que escorre o prazer provocado por Ele. É o corpo que executa os comandos, que responde aos estímulos... O corpo fala, grita, implora, seduz... ele exprime as sensações, emoções, sentimentos... é ele quem carrega um coração cheio de amor e entrega.
O apelo erótico , sexual do BDSM é inegável , estamos todos aqui em busca de prazer . Não fosse por isso , nem eu estaria aqui .

Mas submeter o corpo é apenas parte da entrega .
Geralmente , o que se refere a um prazer mais abstrato, como o prazer de servir, de obedecer, de agradar e o prazer em dar prazer, acaba sendo levado, pelos que não o praticam, para o campo do irreal, fantasioso .
A dita submissão de alma é admirada por alguns , deseja por outros e compreendida por poucos .
Nem todos buscam vivenciá-la . Tanto por não desejar , quanto pelo simples fato de não ser uma vivência que se estende a todos .
A verdade é que ninguém é capaz de tudo . O que é simples para alguns , pode ser extremamente complexo para outros e vice versa .  

Ainda assim , muito se fala sobre ela , porém , com pouco ou nenhum conhecimento de causa , sem muito interesse em aprofundar-se na questão .
Mas, sem experimentar, como falar com toda propriedade sobre algo que precisa ser vivenciado, sentido ou, ao menos, desejado?  Nesse sentido, tudo que é dito tem pouca ou nenhuma razão de ser, é infundado.
Bem , o debate é livre para todos os assuntos . Nesse sentido , o BDSM é uma democracia .

O BDSM é vasto , variado , cheio de nuances...é impossível compreender ou se identificar com tudo que há nele. É natural que certas vivências sejam amadas por uns e indesejadas por outros.
Cada um pratica o que deseja e que é capaz , entrega o que tem e vai até aonde se permite .
Contudo , a entrega que se faz por por uma necessidade maior que o simples ato de submeter o corpo , queiram ou não , acreditem ou não , existe e não vem do além, mas sim , de dentro .
Ela nasce do desejo de se submeter e agradar , se alimenta do prazer de servir e cresce nas realizações .


luah negra

4 comentários:

{Λїtą}_ŞT disse...

Perfeito!
Quanto mais leio, mais me encanto com esse texto.
Coerência nota 1000!
Deixo beijos

luah negra_DOM JH disse...

vita_ST...
Essa é a versão editada , mas eu estava pra lá de inspirada quando o escrevi .
E que bom que a inspiração e a coerência estavam juntas nesse dia...taí o resultado .
Obrigada , lindona , pelo carinho de sempre .
Beijão .

Cadinho RoCo disse...

A liberdade de cada um é algo que pode sugerir mistério pra muita gente.
Cadnho RoCo

luah negra_DOM JH disse...

Certamente , Cadinho RoCo...
Não podemos esperar que todos nos compreendam se tbm não compreendemos a todos . Mas que não nos julguem , sim .
Muito grata pela gentileza das vistas e comentários .
Tenha uma ótima ,
Beijos .

Vida